O Governo Federal anunciou quando a segunda parcela do Auxílio Emergencial será paga de acordo com os ministérios da Cidadania e da Economia.

Sobretudo, os cidadãos beneficiários do Bolsa Família e as pessoas cadastradas pelo app receberão o benefício a partir de 22 de julho.

Continua após a publicidade

A definição da data para segunda parcela do Auxílio Emergencial ajuda a reduzir essa grande angústia social.

Pois há relatos de profissionais informais e desempregados sem condições de sustentar sua família.

Sacar o Auxílio Emergencial – Descubra AGORA!

Calendário de pagamento

O calendário será divido em ciclos com opções de crédito em conta e saques.

Confia abaixo como ficam as datas específicas da segunda parcela.

1º Ciclo – Quem recebeu a primeira parcela em junho

Estas são as datas de disponibilidade de saldo em conta digital:

Poupança Social para uso digital
DATA – PREVISTA MÊS DE ANIVERSÁRIO
22/07 Janeiro
24/07 Fevereiro
29/07 Março
31/07 Abril
05/08 Maio
07/08 Junho
12/08 Julho
14/08 Agosto
17/08 Setembro
19/08 Outubro
21/08 Novembro
26/08 Dezembro

Já para saques e transferências ficam as seguintes definições:

Calendário de Saques e Transferência
DATA – PREVISTA MÊS DE ANIVERSÁRIO
25/07 Janeiro
01/08 Fevereiro
01/08 Março
08/08 Abril
13/08 Maio
22/08 Junho
27/08 Julho
01/09 Agosto
05/09 Setembro
12/09 Outubro
12/09 Novembro
17/09 Dezembro

2º Ciclo – Quem solicitou o auxílio entre 17/06 a 04/07

Poupança Social para uso digital
DATA – PREVISTA MÊS DE ANIVERSÁRIO
28/08 Janeiro
02/09 Fevereiro
04/09 Março
09/09 Abril
11/09 Maio
16/09 Junho
18/09 Julho
23/09 Agosto
25/09 Setembro
28/09 Outubro
28/09 Novembro
30/09 Dezembro

Porém, as datas de saque e transferência ficam da seguinte forma:

Calendário de Saques e Transferência
DATA – PREVISTA MÊS DE ANIVERSÁRIO
19/09 Janeiro
22/09 Fevereiro
29/09 Março
01/10 Abril
03/10 Maio
06/10 Junho
08/10 Julho
13/10 Agosto
15/10 Setembro
20/10 Outubro
22/10 Novembro
27/10 Dezembro
Continua após a publicidade

As datas da terceira parcela estão definidas para começaram a partir de 22 julho para todas as pessoas.


Tanto aos beneficiários do Bolsa Família, quanto quem acessa o app Caixa Auxílio Emergencial para se cadastrar.

Havendo dúvidas do saque do Auxílio Emergencial, o contato com a Caixa só deve ser feito pelo próprio aplicativo ou pelo telefone 111.

Quem pode receber?

segunda parcela do auxílio emergencial

O pagamento da segunda parcela do Auxílio Emergencial pode ser sacado pelas pessoas beneficiárias do Bolsa Família e também pelos seguintes cidadãos:

  • Renda bruta mensal de até R$ 3.135,00;
  • Autônomo;
  • Microempreendedor Individual (MEI);
  • Trabalhador informal;
  • Desempregado;
  • Contribuinte individual da Previdência Social.

Também será preciso ficar de olho na declaração do imposto de renda referente a 2018.

Se acaso o indivíduo recebeu quantidade superior a R$ 28.559,70, ele fica vetado do auxílio emergencial.

Continua após a publicidade

Valores do auxílio emergencial

O Governo Federal liberou três parcelas de R$ 600,00. No entanto, as mulheres que comprovem ser as únicas responsáveis pelo sustento da casa recebem o dobro do valor.

Dessa maneira, o Auxílio Emergencial delas passa a ser de R$ 3.600,00 em três parcelas de R$ 1.200,00.

Quanto a relação dos beneficiários do Bolsa Família, eles somente receberão o auxílio emergencial se eles, normalmente, receberem menos de R$ 600,00 ou para alguns, menos de R$ 1.200,00.

Recursos do Governo Federal a segunda parcela do auxílio emergencial

Em abril, o governo tinha comunicado sobre o pagamento da segunda parcela antes do previsto. Mas logo a Caixa Econômica Federal cancelou esse adiantamento.

Desde então, os cidadãos estavam aguardando pelas novas informações sobre a segunda parcela.

De acordo com os interlocutores do governo, o Ministério da Economia avaliou melhor os valores. Sendo assim, alguns problemas ocorreram nos recursos.

Por isso, foi preciso aguardar por uma medida provisória.

Quem determinou que a segunda parcela do auxílio emergencial não fosse adiantada em abril foi a Controladoria Geral da União.

Agora, o Ministério da Cidadania tem R$ 25.700.000,00 disponíveis.

Receba o Auxílio Emergencial de R$ 600 a R$ 1200 – Confira as Datas de Pagamento!