Se você teve seu Auxílio Emergencial negado, então confira a seguir como é possível resolver e porque isso aconteceu.

O cidadão cadastrado no programa de Auxílio Emergencial que por ventura tiver o seu auxílio negado poderá pedir uma reavaliação do resultado de análise do pedido.

Continua após a publicidade

Sendo assim ele terá novamente de passar no pedido de solicitação do benefício.

Esse pedido poderá ser realizado através do aplicativo oficial ou ainda no site oficial da Caixa Econômica.

Quem receber um aviso intitulado “Benefício não aprovado” através do meio digital tem a opção de avaliar o motivo da não aprovação:

  • Se a mensagem for “Benefício não aprovado”, o beneficiário pode averiguar a causa e fazer a solicitação de avaliação;
  • Se acaso a mensagem for “Dados inconclusivos”, o beneficiário de imediato deverá realizar uma correção de dados e solicitar imediatamente uma nova solicitação do auxílio emergencial.
Continua após a publicidade

O Dataprev é responsável pela informação de aprovação ou não do auxílio emergencial.

Uma estatal federal do ramo de tecnologia na qual se encarrega de analisar todas as informações passadas pelo beneficiário e comparar com a base do programa.

Após cruzar todas as informações passadas pelo beneficiário e comparar com esse banco de dados interno a conclusão dessa análise é homologada pelo Ministério da Cidadania.

Confira a seguir como resolver o seu Auxílio Emergencial Negado.

Prorrogação do Auxílio Emergencial

Beneficiários do CadÚnico

auxilio emergencial negado

No caso de trabalhadores informais integrantes do CadÚnico terão todas as suas informações analisadas de forma totalmente automática através do DataPrev.


Continua após a publicidade

Contudo, nesses casos, se houver a informação de que o auxílio emergencial foi negado, o processo de solicitação de revisão é o mesmo descrito acima.

O trabalhador informal poderá solicitar a revisão através do aplicativo oficial do benefício emergencial ou no site oficial da Caixa Econômica Federal.

Auxílio Emergencial Negado

Em um comunicado oficial informado recentemente pelo Dataprev aproximadamente 23 milhões de solicitações realizadas lograram êxito nos critérios de análise.

Esse percentual revela um total de amostra muito significativa.

Pois trata-se de números referentes ao primeiro lote contendo todos os dados do público em geral de trabalhados.

No comunicado o Dataprev não informou ainda o grande motivador da rejeição de inclusão de cerca dos 28% restantes de cadastro de trabalhados informais.

Mas sabemos através de informações emitidas do Dataprev e Caixa Econômica Federal que se tratam basicamente de usuário com problemas relacionados a validação das informações.

Sobretudo alguma pendência junto ao sistema de cadastro CadÚnico.

Em qualquer um dos casos, o importante é entrar em contato com a Caixa Econômica Federal e regularizar a situação.

Liberada a Terceira Parcela do Auxílio Emergencial!